Cosméticos clandestinos proibidos

cosméticos clandestinos proibidos

Entre os problemas,  estão empresa sem autorização de funcionamento, rótulo com autorização de outra empresa e cosméticos produzidos sem registro ou notificação.

Por: Ascom/Anvisa

Publicado: 03/08/2018 16:30

Última Modificação:

Foi publicada hoje (3/8), no Diário Oficial da União, a proibição de produtos cosméticos e saneantes clandestinos fabricados sem autorização ou registro na Anvisa. Os cosméticos eram fabricados pelas empresas Istael Batista de Aquino Cizoski e Quebec Indústria e Com. de Cosméticos Ltda.

Cosméticos

A empresa Istael Batista de Aquino Cizoski produzia  cosméticos sem registro ou notificação. Com a confirmação, ficou determinada a proibição de todos os produtos fabricados pela empresa, da marca Calvene, distribuídos pela Folha D’Agua Indústria e Comércio Ltda.

Já a empresa Quebec Indústria e Com. De Cosméticos Ltda. fabricava 5 produtos sem registro ou notificação na Anvisa. Todos foram proibidos pela Anvisa:

Produto Lote Fabricação Validade
Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 20V lote 237, frasco de 1 litro 02/02/2018 02/02/2021
Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 40V lote 233, frasco de 1 litro 01/02/2018 01/02/2021
Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 30V lote 235, frasco de 1 litro 01/02/2018 01/02/2021
Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 10V lote 217, frasco de 1 litro 22/05/2017 22/05/2020
Whey Protein capilar Ultra Hidratante lote 211, frasco de 900g 15/05/2017  36 meses

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress spam blocked by CleanTalk.